Imagem (reprodução)

Voinha não ia ao cinema há mais de 30 anos. Cresci ouvindo dela que ela não teria paciência para passar mais de duas horas em uma sala escura, que ela não gostava de ver desgraça, e que duvidava que as histórias de hoje em dia a interessariam. Ao mesmo tempo, toda essa reclamação para com a sétima arte pareciam uma indireta daquelas que soam como um enigma pedindo para ser resolvido. Eu tinha certeza: vovó queria ir ao cinema. Aquela picuinha toda sempre me pareceu mais um chamado do que de fato uma reclamação.

Lá por 2011, foi lançado o…


E esse é só um texto pra falar que sonhos se realizam e carreiras nem sempre são como a gente deseja

O vôo que saiu de Tel Aviv as 17h45 (horário local) com escala em Madri e rumo ao Rio de Janeiro foi com um lugarzinho vazio: o meu.

Quem me conhece sabe que a ideia de morar em Israel não é nova, e que entre processos seletivos de mestrado e aplications para bolsas e programas de intercâmbio, finalmente botei meus pés em Tel Aviv para algo mais que férias.

Eu sempre sonhei com lugares que significavam o “olho do…


We already know “they” have our personal data. So, what comes next?

It was 2010 when I got my first iPhone, a used but mostly new one coming from my big sister. Everything seemed so exciting, new and futuristic. I was creating accounts inside all the cool networks I could find. Facebook was already with me, but any kind of fun social thing would get my email and other info that didn’t sound at all harmful back then.

Years passed. As a journalism student (class of 2014), I was online all the time and the internet was my work place…


Como a marca plus size Israelense Retema me fez sentir a mulher mais linda e empoderada do mundo.

Se você veste mais que o manequim 40, provavelmente já teve dificuldade para encontrar roupas que coubessem confortavelmente em você. …


Você pode achar que o mundo tá de mimimi com esse papo de gordofobia, mas meu corpo pensa bem diferente!

Foto: Isadora Gomez Photography

A grande maioria das minhas amigas engordou da adolescência ou dos early early 20s pra cá. Eu sei que eu engordei. Quase 20kg. 18kg e 600g desde a última vez em que me pesei enquanto me sentia magra, pra ser mais exata. Mentira. Nunca me senti magra. Deixa eu reescrever essa frase: 18kg e 600g desde a última vez em que não odiei meu corpo tanto assim.

Todas as minhas amigas gordas olham pra mim e dizem “você não é…


We already know “they” have our personal data. So, what comes next?

It was 2010 when I got my first iPhone, an used but mostly new one coming from my big sister. Everything seemed so exciting, new and futuristic. I was creating accounts inside all cool networks I could find. Facebook was already with me, but any kind of fun social thing would get my email and other info that didn’t sound at all harmful back then.

Years passed. As a journalism student (class of 2014), I was online all the time and the internet was my work place. As…


Deu match? Mazal Tov!

Israel é um país bem pequeno, com uma história de menos de 100 anos de existência como Estado e muitos contrastes. Um caldeirão de tensões políticas, religiões, costumes e culturas ferve todos os dias, e borbulha de um jeito muito peculiar em Tel Aviv.

Como? Vamos lá, um pouco de contextualização:

- O serviço militar é obrigatório em Israel. Três anos para os homens e 2 para as mulheres;

- A maior parte da população de Tel Aviv é judia secular, ou seja, jovens que nasceram em famílias judias, mas não são religiosos (cerca de 43%…


In the end of January I boarded a plane in the direction of yet another adventure: Working in Tel Aviv.

I believe that in life we are what we make of ourselves, and every small accomplishment has to be celebrated. Not many of us live in equal societies, so we might as well take the opportunities that are given to us.

If you take a look at my cv, you will get a glimpse of what older generations would call inconsistency: different areas of interest, graduated in journalism but working in marketing… Well, what may sound like inconsistency, can be…


Vamos conversar deboinhas?

Se você é empregador (principalmente da área criativa) e vai anunciar uma vaga na sua empresa (grande ou pequena), NUNCA use a máxima “não é sobre o dinheiro”, ou “se você está pensando no dinheiro, não aplique”.

Por que, Ranya?

Porque podem ser a vaga e empresa mais incríveis, com o propósito mais sensacional, com um potencial criativo, de inovação e crescimento sem igual… No fim é sobre o dinheiro também. Bastante, inclusive.

Isso porque você pode ter o trabalho mais irado, mas se dia 5 te sobram R$200 pila pro mês, ou se você mal consegue…

Hannah Hebron

A Brazilian journalist living in Tel Aviv and writing in portuguese and english about fashion, feelings and work. Yeah, a lot… But you’ll get it eventually.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store